ENDODONTIA

Definição
Área da Medicina Dentária responsável pelo tratamento da polpa dentária, popularmente designado por “desvitalização”. A polpa dentária é o orgão (composto por nervos, vasos sanguíneos, etc.) que se encontra no interior do dente. O tratamento endodôntico consiste na remoção da polpa dentária dos canais radiculares, mediante ação mecânica e química e posterior obturação (preenchimento). O principal objetivo deste tratamento é garantir que os tecidos que circundam o dente, mantenham ou recuperem o seu estado saudável.

Porque é necessário?
Quando uma peça dentária se encontra muito destruída por cárie, fratura, trauma ou desgaste excessivo e a polpa é afetada, torna-se imperativo realizar este tratamento, de modo a evitar quadros de dor dentária ou mesmo infeções associadas à raiz.

A inflamação da polpa surge quando a agressão atinge zonas profundas do dente, surgindo normalmente por dor ao frio. Se esta agressão continuar, sem que o dente seja tratado, a polpa perde a capacidade de defesa e de recuperação, levando a um estado irreversível, normalmente acompanhado de dores intensas e prolongadas, tornando-se necessário a remoção completa da polpa. Quando surge uma infeção, por exemplo por bactérias, o organismo transporta células de defesa para o local. No caso dos dentes, isso não acontece.

Quando surge uma infeção, o tecido nervoso do dente (polpa dentária) foi degenerado, não existindo maneira efetiva das células de defesas chegarem ao interior do dente para combater as bactérias. Posto este quadro, na pior das hipóteses, a infeção bacteriana sobrepõe-se às defesas do organismo, surgindo dores e inchaço (abcesso agudo). Para que o dente possa ser conservado é indicado fazer o tratamento endodôntico.

Retratamento Endodôntico
Surge quando o tratamento endodôntico prévio falha. Os materiais obturadores antigos são eliminados, os canais novamente desinfetados e conformados, é feita a identificação e correção de problemas encontrados no tratamento prévio e por fim os canais são preenchidos com novo material selador. É importante ter em atenção que é um tratamento de dificuldade elevada e que alguns problemas do tratamento prévio podem não ser corrigíveis, sendo nestes casos a cirurgia endodôntica uma alternativa.

Microcirurgia endodôntica
Em casos pontuais, após tratamento ou retratamento endodôntico cuidado, o dente pode não conseguir a cura. Nesta situação, a microcirurgia endondôntica pode salvar o dente.

 








Perguntas frequentes

Quando tempo dura um dente endodonciado?
Quando executamos um tratamento endodôntico, o nosso objetivo é que a peça dentária dure para toda a vida. No entanto, a durabilidade de um dente endodonciado não depende do tratamento endodôntico em si, mas sim, da reabilitação que lhe é dada à posteriori. Assim sendo é fundamental que o dente seja reabilitado o quanto antes. Principalmente em dentes posteriores, aconselhamos, incrustrações cerâmicas ou coroas fixas, pois só assim o dente fica com uma proteção total, tanto a nível dos canais radiculares, como da coroa dentária. A restauração direta a compósito é também uma solução, sendo a sua previsibilidade inferior, principalmente em dentes muitos destruídos.

Que cuidados a ter após um tratamento endodôntico?
O paciente deve ter em atenção que necessita que os efeitos da anestesia desapareçam para que possa começar a comer. O dente poderá apresentar alguma sensibilidade como efeito do tratamento, sendo recomendado a toma da medicação indicada pelo clinico

Após a endodontia, quanto tempo devo esperar até restaurar o dente?
É fundamental que o faça o mais rápido possível.

O que é o isolamento absoluto e para que serve?
Consiste na colocação de um dique de borracha que isola o(s) dente(s) a tratar da restante cavidade oral, evitando assim a contaminação do dente e acidentes, como a ingestão de objetos ou desinfetantes. Este procedimento proporciona ao tratamento um maior grau de sucesso.

O que é instrumentação mecanizada?
Consiste na instrumentação de canais com sistemas de limas acionadas por motor. Este procedimento proporciona uma melhor conformação dos canais permitindo que a irrigação e a obturação sejam mais eficazes.

O que é a irrigação?
A irrigação é uma preparação química dos canais que tem a responsabilidade de erradicar as bactérias responsáveis pelas patologias endodônticas e preparar o canal para a posterior obturação e selamento.

O que é a obturação 3D?
Ao contrário das técnicas convencionais a frio, técnicas a quente proporcionam uma obturação tridimensional. A obturação tridimensional obtém melhores resultados pois preenche eficazmente toda a complexidade dos canais radiculares.

© 2016 by andit business and consulting